OMOLOKÔ E OS ORIXÁS

O Omolokô é um segmento religioso de origem africana surgido no Brasil oriundo de um processo de miscegenação ocorrido na época da escravidão.

Os rituais religiosos que encontramos em Terreiros são heranças de um tempo onde a cultura negra era envolvida em um sincretismo que unia os Orixás Africanos com os Santos Católicos, com a finalidade de satisfazer os interesses sociais da época.

O Omolokô surgiu no Brasil juntamente com o Cabula, bem antes da Umbanda que nasceu em 1908, e tem seu berço o Rio de Janeiro.

Os assentamentos de Omolokô são similares aos dos Candomblés Nagôs, cultua seus Orixás com cantingas em Yorubá ou língua Bantu, faz Feitura de Santo,Ebós, Boris e possui etapas para que seus Filhos de Santo atinjam o grau de Babalorixá ou Yalorixá na vertente que cultua Orixás e Tatetu ou Mametu na que cultua Inkices ou Bacuros.

Contudo aceita em seus rituais a presença de entidades típicas de Umbanda como os Caboclos e Pretos-Velhos para fazerem a caridade aos seus Fiéis, além de seguir o sincretismo dos antigos escravos.

Os Orixás no Omolokô são forças que fazem com que a natureza tenha movimento, se transforme e gere vida, fazendo também que essa vida evolua. Os Orixás são os responsáveis por toda a vida no Planeta, tanto pelo seu ciclo natural como também por sua evolução moral e espiritual.

This entry was posted in Doutrina. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s