FEITURA DE SANTO DE YAWÔ, OGAN E EKÉDI NO OMOLOKÔ

06ivete_clip_image010_thumb1

A Feitura de Santo é uma das maiores festas do dentro do Omolokô, pois é quando um Yawô nasce para seu Orixá, representando assim o nascimento para uma vida nova, um nascimento e uma vida espiritual junto a seu Orixá. O conteúdo tratado aqui é o praticado no meu Axé. Existem diferenças entre casas de Omolokô quanto a Feitura de Santo, e não pretendo entrar no mérito do certo ou errado. Passo aqui neste Post o que aprendi e o que sigo fazendo.
Esse Ritual dura de 07 (sete) a 21 (vinte e um)dias, de acordo com o pedido nos Búzios, onde 7 desses dias é confinado no Hunkó ou Roncó. Nesse tempo o iniciado que deixará de ser Abian (Não Iniciado) passará a ser Yawó (Iniciado no Culto aos Orixás), podendo também ser confirmado cargo como acontece nos casos de Ogan e Ekédi.
Durante o confinamento o Yawô aprenderá rezas, segredos, cantos, danças, e outros fundamentos. No caso dos Ogans e Ekédis aprenderão ainda procedimentos relativos às funções que desempenharão. Além disso o tempo de confinamento serve como período de repouso e meditação, proporcionando que o Yawô se desligue do mundo externo, bem como dos problemas do dia-dia, preocupando-se apenas com o espiritual.
No meu Axé adotamos alguns preceitos antes de recolher o Yawô, Ogan ou Ekédi ao Hunkó. Despacha-se Exu na noite anterior, antes de entrar ao Hunkó o iniciado deve tomar alguns Banhos de limpeza. Após isso já dentro do Terreiro passará por uma cerimônia chamada de cruzamento para Oxalá, e em seguida irá para o rio ou cachoeira onde tomará um banho nas águas de Oxum. Por fim antes de entrar no Hunkó prestará o juramento do Yawô. Feito isto então será recolhido ao Hunkó para a Feitura de Santo propriamente dita.
O Yawô durante seu recolhimento também passará por limpezas rituais e ebós específico com a finalidade de limpar seu corpo e espírito. Por fim passará pelo processo de Feitura propriamente dito.
Este processo praticamente se divide em duas parte principais, inicialmente os Ebós e banhos que tem a finalidade de limpeza. São os seguintes Ebós:
– Ebó de Esù ònòn (Ebó de Exu no caminho. Tem a finalidade de abrir os caminhos do futuro Yawô, trazendo-lhe boa sorte).
– Ebó Iku (para afastar a morte e as doenças do caminho do futuro Yawô).
– Dar um Obi a Cabeça do iniciado.
– Ebó Onilè (Ebó da Terra. Pedindo a proteção a Onilè ao futuro Yawô).
– Ebó omi (Ebó de Águas. Divide-se em Ebó omidùn das águas doces, e Ebó omi iyò das águas salgadas. Em locais longe do litoral costuma-se fazer os dois juntos na beira de um Rio).
– Ebó Igbó (Ebó nas matas. Feito para os Orixás das matas)
– Wè ariàse (Banho de folhas sagradas. Tem a finalidade de purificar o Yawô)
Após estes Ebós e Banhos o Yawô passará pelo ritual de Feitura propriamente dito, sendo realizado as raspagens, abertura de curas, sacrifícios, assentamentos e demais ritos necessários.
A Feitura de Santo despende muito gasto, tanto em material, da mão do Zelador(a) e do Ajeum (festa). Todo o ritual deve ser conduzido por um Zelador que tenha Axé para tal, e que esteja com suas obrigações em dia.
Após a feitura o Yawô deve ainda cumprir o tempo de Kelê, que no meu Axé são 21 (vinte e um) dias. Durante este período o Yawô deverá passar por várias restrições tais como: não cortar o cabelo, não tomar banho de mar, dormir na esteira, vestir-se de branco, usar contra eguns, entre outras.
Os Ogan e Ekédis quando iniciados já são confirmados, sendo então tratados como Egbomí, pois nasceram com seus cargos. No entanto ainda tem que passar pelas demais obrigações.
O Yawó quando for inciado terá no “Barco” um nome por ordem de iniciação dentro do Hunkó. A ordem é: o primeiro Dofono, o segundo dofonitinho, o terceiro será chamado de Fomo, o quarto de Fomutinho, o quinto de Gamo, o sexto de Gamutinho, o sétimo de Vimo, o oitavo de Vimutinho, o nono de Gremo, o décimo de Gremutinho, o décimo primeiro de Caçula e daí por diante, no entanto o costume é recolher no máximo três ou quatro Yawôs, devido ao trabalho que dá. Tal ordem é definida em que “Bolaram” no seu Orixá ou pelo Jogo de Búzios. Ogans e Ekedis não entram nessa contagem, visto que não são iniciados para Yawô e sim para cargo no Terreiro, sendo no entanto sempre os primeiros no barco, ou seja são os Dofonos.
É uma cerimônia que necessita da colaboração de toda uma Familia de Santo, devido a sua complexidade e volume de trabalho, lembrando que dentro do Hunkó só podem entrar iniciados.
A Feitura de Ogan e Ekédi é diferente, haja visto que eles não são inciados como Yawô, ele é confirmado, pois são considerados Sacerdotes (Bàbás e Iyás).
São geralmente pessoas escolhidas pelo Bàbálorixa/Iyalorixá, pelo Orixá da casa, ou pelo Jogo de Búzios, sendo primeiramente supensos/levantados e após isso já devem se preparar para iniciação (confirmação).
Ogan e Ekédi não entram em transe, por isso sua Feitura e Saída de Santo possui algumas diferenças de um Yawô. Geralmente não recebem Adosú, pois não incorporam, no entanto alguns (escolhidos pelo Babá/Yá) podem receber este fundamento para poderem dar determinados preceitos à Yawôs. Devido a complexidade destes cargos eles permanecem seu tempo de Kelê no Terreiro afim de aprenderem seus afazeres, no entanto esta regra não é seguida em todas as Casas.
É necessário também determinar qual Orixá dará a sua Dijina, uma vez que não incorporam. Normalmente tal ato cabe ao Orixá que os levantou.
No Omolokô Ogan e Ekédi passam pelo processo de raspagem, terá curas feitas e demais rituais de assentamentos, sacrifícios e Ebós.
Aprendem dentro do Hunkó tudo o que um Yawô aprende, além de aprender as obrigações específicas de seus cargos.
A Saída de Santo de Ogan e Ekédi também se diferencia de um Yawô. É feita a Saída de Branco em saudação a Oxalá, a Saída da Dijina ou Orunkó e por fim a Saída onde receberá o seu cargo.
Nesta última saída o Ogan e Ekédi receberá os instrumentos necessário para a execução de sua função, terminando com o Ogan e Ekédi dançando com seus Orixás (incorporados em outras pessoas).
Encerrando a Ekédi ou Ogan iniciado sentará em uma cadeira ao lado de seu Orixá e Zelador(a), e receberá as homenagens dos presentes. No final canta-se para Oxalá.

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

8 Responses to FEITURA DE SANTO DE YAWÔ, OGAN E EKÉDI NO OMOLOKÔ

  1. erick says:

    Existe feitura de santo yao . Que não recebe .
    Acordado ?

  2. erick says:

    Muito obrigado .
    mas eu queria tirar uma dúvida .
    no meu jogo da que eu sou rodante . Eu fiz o santo a ainda não recebi
    porque ?

  3. erick says:

    Babalorixa Renato eu ainda não sei te explicar porque eu sou leigo .
    mas fiz todas as matanças e curas em sete dias na saída . Foi iigual a de um ogan
    mais em todas as casas que fui jogar diz que eu sou rodante por que .

    1 sinto a presença do santo .
    2 fiz a feitura como um yao mais a saída foi tipo de ogan sentado
    3 mais não recebi o santo .
    4 é no omoloko
    por favor me ajudem estou na dúvida .
    A zeladora diz que eu iniciei e com o tempo ele pega d vagar ?
    Isso pode ser verdade .

    • Mukuiu N’Zambi! Normalmente se recolhe um Yawo quando este já manifesta o Orixá. No seu caso acho que poderia se esperar um pouco para sua iniciação. No entanto pelo que você relata você foi iniciado como Ogan, mas nesse caso você teria que ser confirmado. Pergunto também se você recebeu o adosú e se foi dada a sua dijina?

  4. erick says:

    Babalorixa Renato eu não intendo muito .A divina eu não sei não me falaram .
    só sei que eles me chamam de yawo não intendo o o rixa pediu a feitura com urgência .
    Só que não pegou minha cabeça eu queria intender por que ele pediu e não me pegou ?
    E se existe uma chance de ele pegar a cabeça aos poucos ?
    Porque a mãe de santo me disse isso . O senhor confirma está informações ?

    • Mukuiu N’Zambi! É difícil dizer algo sem saber o que saiu exatamente no Jogo. Uma feitura pode ser feita em caso de urgência quando envolve um risco de vida muito grande para o Yawô. Pode ser que seu Orixá se manifeste com o tempo, no entanto acho que deve conversar com sua Yá e deixar claro suas dúvidas. Afinal de contas você como Yawô tem que aprender e entender o que se passa, já não pode ficar leigo aos assuntos referentes ao seu Orixá. Como disse antes, minhas dúvidas ficaram em relação à sua dijina, que pelo que percebi não foi dada, e se a sua feitura foi semelhante a de Ogan, você recebeu o adosú, já que pelo jogo sua Yá afirma que você é rodante.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s